Funil de Vendas e o Futebol

Chat_01

Quem trabalha profissionalmente na área de publicidade ou vendas sabe que os negócios não são fechados por sorte. Claro, contar com ela sempre ajuda, mas há uma série de estratégias essenciais para concluir uma venda com sucesso.

O principal e mais utilizado método é conhecido como “funil de vendas”. Como o próprio nome revela, esse funil concentra todas as iniciativas em um único ponto, que no caso seria a efetivação do negócio. Basicamente, o funil de vendas trabalha com cinco etapas.

  1. O pontapé inicial

Muitas pessoas chamam essa etapa de lead, mas a terminologia em inglês pode te confundir. Por isso, pense nessa primeira etapa como a iniciativa básica. Aqui, você precisa definir e encontrar quem são as pessoas capazes de dar o pontapé inicial para o seu projeto de venda.

Por exemplo: se você planeja fechar um negócio na área de cosméticos, é importante fazer entrevistas com revendedoras das principais marcas, para entender o funcionamento do mercado a partir de quem está dentro dele.

O erro que muitas pessoas cometem é tentar entender o mercado por fora, apenas lendo e se informando sobre ele. Em resumo: identifique quem pode te ajudar na tarefa e extraia o máximo de informações.

  1. As jogadas ensaiadas

Nessa etapa, o essencial é você buscar as oportunidades para desdobrar as estratégias. Ou seja: a partir do que já levantou no pontapé inicial você começa a procurar maneiras de solucionar o problema que encontrou.

  1. O ataque

A seguir, você deve começar a pensar em como fará a sua proposta. Uma proposta bem feita ajuda muito a fechar o negócio, ao passo que uma proposta ruim pode destruir todo o trabalho.

  1. O drible

Você precisa de muito jogo de cintura. Se você chegou até aqui, significa que a pessoa aceitou a proposta, mas com algumas ressalvas. Use todo o seu poder de negociação para chegar à finalização desejada.

  1. O gol

Tudo saiu conforme você planejava. Comemore, mas não se esqueça de que o trabalho não acabou. O desafio agora é fidelizar o cliente, porque normalmente é muito mais rentável manter uma carteira de clientes antiga e ativa do que sair em busca de novos constantemente.




No Comments

Post A Comment