E-mail marketing no B2B: como ser mais eficiente

E-mail marketing B2B

Já parou para pensar em quantas oportunidades você já encontrou somente ao abrir a sua caixa de entrada?

Segundo um estudo da McKinsey&Company, o e-mail marketing é 40 vezes mais eficiente para atrair clientes do que o Facebook e o Twitter combinados. Mas como utilizá-lo no mercado B2B?

Para entender como o e-mail marketing pode colaborar com sua estratégia de marketing digital e como fazer a sua estruturação de vendas com uma ajudinha desse recurso, confira o que preparamos para você!

Como o e-mail Marketing atua no mercado B2B?

Em uma estratégia de Marketing Digital voltada para o mercado B2B, o e-mail marketing é movido pela relação que o cliente tem com a empresa, trazendo conteúdos para um público mais homogêneo e segmentado.

Por cuidar de um processo de decisão que envolve uma série de agentes, o e-mail marketing integra um ciclo de vendas mais demorado, o que pode variar de acordo com os processos de cada empresa.

Nos conteúdos produzidos para essa ferramenta, é importante que você mostre claramente o valor que seu produto tem para a empresa, guiando-se pelo percurso do usuário pelo funil. Com isso, você reduz drasticamente os custos de vendas.

Segmentação como estratégia para melhorar as vendas

Uma campanha bem feita em uma estratégia inbound é baseada na personificação e na segmentação. Por serem tão pessoais e direcionados, os e-mails possuem uma grande efetividade.

Afinal, ao enviar um e-mail para um lead que está caminhando pelo funil de vendas, você demonstra que sua empresa dedicou um tempo para criar conteúdos especialmente criados para o usuário. A mensagem certa chega no momento mais apropriado, o que propicia negócios e parcerias mais sólidas.

Ferramenta de marketing digital com excelente custo-benefício

E-mails marketing geram um ótimo retorno sobre o investimento (ROI), sendo mais acessíveis que uma série de estratégias. De acordo com o Mediapost, uma campanha de e-mail marketing bem feita pode trazer um retorno 40 vezes maior do que o valor investido.

Como fazer a estruturação de vendas e da estratégia de CRM com o e-mail marketing?

Para melhorar o seu índice de vendas e aprimorar suas táticas de CRM, alguns cuidados com o e-mail marketing são essenciais. Acompanhe:

Construa campanhas focadas na geração de leads

Vendas B2B são menos impulsivas. Afinal, é pouco provável que você adquira um motor elétrico ou um avião de pequeno porte apenas abrindo o e-mail. Daí o fato de uma campanha de e-mail marketing B2B ser mais focada na criação de leads.

Com uma ajuda da tecnologia, você abastece seus contatos com conteúdo útil, construindo a sua marca. Se você foca a sua campanha B2B em vendas, é preciso ter em mente que seus leitores podem não estar no momento ideal do funil, e que uma compra pode exigir um contato mais cuidadoso para se alinhar com todo o time responsável pela decisão.

Cuidado com o tom de fala

Campanhas B2B nem sempre precisam ser mais formais e impessoais. Afinal, colaboradores nos mais diversos ramos adotam textos mais pessoais e são atraídos por um tom de fala mais próximo.

Contudo, se uma campanha de marketing para o cliente final é mais voltada para o apelo emocional e subjetivo, a abordagem B2B precisa ser mais objetiva. Ela deve se destacar pelo valor que oferece para a empresa, mostrando seus benefícios e demonstrando fatos.

Lembre-se que você está conversando com pessoas

É muito importante que você se esforce para se comunicar com o responsável pela tomada de decisões. Representando uma empresa ou não, ela é uma pessoa!

Procure atender as necessidades de seu público, adequando o que você tem a oferecer naquele contexto. Estudos de caso e whitepapers ajudam a conduzir seus leads e prospects, bem como o call-to-action certo. Na hora de fazer a oferta, agregue valor de uma maneira clara e positiva.

Servindo tanto ao Marketing Digital quanto às estratégias de CRM de uma empresa, o e-mail ajuda na ativação do lead e em sua manutenção, mantendo-o em contato com a empresa. Mensagens personalizadas ajudam a criar empatia pela marca, facilitando a formação de parcerias sólidas, o que é essencial no mercado B2B.

Se você ainda tem alguma dúvida sobre e-mail marketing no mercado B2B, comente abaixo!




No Comments

Sorry, the comment form is closed at this time.