B2B: 5 atitudes que influenciam no relacionamento com o cliente

O bom comportamento dos atendentes é a chave para o sucesso do seu negócio B2B, e não somente no pós-venda, como muitos gerentes pensam. Para desenvolver um relacionamento com o cliente, é necessário que toda a equipe seja devidamente motivada.

Quanto mais vínculo emocional a empresa tem com os colaboradores, mais humanizado será o relacionamento no processo de vendas. Visando isso, elaboramos cinco dicas que podem auxiliar na melhoria do seu setor, confira abaixo!

1. Desenvolva habilidades de relacionamento interno

“A educação vem do berço”: é por essa premissa que você começará a pensar/agir! Isso soa taxativo, mas é um procedimento inicial, fundamental para que o processo de atendimento transpareça favorável. A intenção aqui é notar se os candidatos estão aptos para atender pessoas, e se os já contratados precisam se adequar ao método.

Se o seu colaborador é reconhecido como uma peça indispensável no setor e é motivado e tratado com respeito, você terá grandes chances de atingir as metas estipuladas. Com isso, fica óbvio o resultado positivo na relação com os clientes.

2. Não reclame

Problemas sempre surgem nos setores e precisam ser resolvidos. Por isso, você, gestor, foi contratado. Portanto, não é muito sábio ficar reclamando nos corredores. Em vez de tomar essa atitude impensada, procure compartilhar as ocorrências de maior gravidade e permita que todos possam expor ideias para solucioná-las. Esse é mais um exemplo de atitude que fortalece a relação com os colaboradores e transparece nos atendimentos.

3. Foque o relacionamento B2B com o cliente a longo prazo

Para que o cliente se sinta importante, é preciso tratá-lo com respeito e isso pode ser feito de maneira bem simples. Após a apresentação do atendente (nome, empresa, setor), é importante deixar o cliente falar o motivo do contato, como, por exemplo, suas necessidades ou descontentamentos. Depois desse procedimento, ele ficará disposto a ouvir os benefícios ou soluções que a empresa tem para esses casos.

Ser preciso e cortês nos atendimentos resulta em satisfação de ambas as partes e prolonga o relacionamento, ou seja, resolver o problema que o cliente está vivenciando, sem que ele precise entrar em contato novamente, já confirma a eficácia da ligação.

4. Avalie os colaboradores

Estipule um prazo para avaliar os seus colaboradores, para verificar como está o nível de relacionamento nos atendimentos. É importante conversar com cada um individualmente, o que contribui para uma boa parceria entre “patrão e empregado”.

Checar as gravações ou contatos de e-mail e utilizar as pesquisas de satisfação interna e com os clientes facilita esse processo. Contribuir com a lapidação da empatia com o próximo é o objetivo aqui. É importante fazer dessa etapa algo entusiasmante para conservar a motivação da equipe!

5. Facilite o trabalho dos colaboradores

Desenroscar o trabalho dos colaboradores é fundamental para o bom andamento das ocorrências e dos processos de pré-venda e pós-venda. A implantação de um RD Station (software único e integrado) facilita sua rotina de gestor (deixando tempo disponível para sua equipe) e eleva a porcentagem de vendas. Buscar melhorias – físicas, digitais e ergonômicas – no setor contribui muito para o desafogamento desses processos. Também é preciso estar apto para aconselhar e dar feedback, ou seja, dar instruções objetivas resulta em avaliação positiva dos clientes.

Com as dicas listadas acima, se absorvidas por você e implantadas no seu setor, certamente serão atingidas as metas estipuladas. Não há nada mais gratificante para uma empresa que possuir um ambiente respeitoso e motivador, que resulta em bom relacionamento com o cliente. Quando é entendido que empresa e consumidor são dependentes, fica fácil dar o ponto de partida nesses procedimentos.

O que você achou dos fatos citados no mercado B2B? Comente conosco, visite nosso blog para mais informações e assine para receber mais conteúdos!




No Comments

Post A Comment